Leucemia

O que é?

A leucemia é um cancro das células mais primitivas da medula óssea – as células estaminais – que são as células que dão origem às células do sangue. A medula óssea é o órgão onde se formam as células do sangue, as células maduras formam-se a partir das células estaminais, que são mais primitivas.

Existem vários tipos de leucemia, sendo a mais comum a leucemia linfática crónica. Os linfócitos são as principais células do sistema imunitário. Os linfócitos são glóbulos brancos que são formados da medula óssea. Os linfócitos B constituem um dos tipos de glóbulos brancos, e são as células de origem da leucemia linfática crónica.
A leucemia linfática crónica é uma doença em que se acumulam muitos linfócitos anormais. Estes linfócitos não se multiplicam mais depressa, mas sobrevivem mais, ao contrário do que acontece nas leucemias agudas. Estes linfócitos parecem normais ao microscópio, mas funcionam mal.

É uma doença que se desenvolve muito lentamente (durante meses a anos mesmo sem tratamento) e os sintomas como a anemia, hemorragias ou infecções podem demorar anos a aparecer.

Quais os sintomas da Leucemia?

Deverá estar atento e consultar o seu médico se tiver os seguintes sintomas:

– Anemia – ocorre quando baixa o número de glóbulos vermelhos no sangue. Pode causar cansaço, falta de ar. Os doentes também podem ficar mais pálidos;
– Hemorragias – devem-se a um reduzido número de plaquetas em circulação, podendo causar feridas fáceis, hemorragias gengivais e aparecimento de hemorragias na pele ou mucosas;
Infecções Os linfócitos doentes não protegem contra infecções, são ineficazes. Assim sendo, há falta de glóbulos brancos eficientes para combater as infecções;
– Aumento de volume dos gânglios linfáticos e do baço;
– Febre;
– Transpiração nocturna;
– Perda de peso.

Qual o tratamento?

Tendo em conta o estado menos ou mais avançado da leucemia linfática crónica, a equipa clínica multidisciplinar avaliará o melhor tratamento a seguir. As opções podem incluir a quimioterapia, imunoterapia e eventualmente a
Radioterapia.

Hospital Soerad

2019-09-03T15:32:30+01:00